Croqui da pista da primeira etapa

1º Percurso – Aqui está, começou a Copinha Virtual de Salto

01/06/2020

Esse é o primeiro percurso de Copinha, desenhado em parceria por Alberto Vianna e Juliana Almeida, agora é armar a pista, treinar e mandar o vídeo.

Depois de vários dias de estudos, discussões de forma, como fazer, criação da plataforma tecnológica, estamos lançando a primeira etapa da Copinha Virtual de Salto clube do Hipismo.

É uma iniciativa, não diria inovadora, pois já houve algo nessa direção na Alemanha, mas o conceito de unir todas as alturas em um mesmo desafio sim, portanto temos certeza de que ainda iremos aprender e corrigir eventuais distorções ao longo da competição.

A Copinha possibilita integrar o hipismo de todo o Brasil e outros países, mostrando os atletas, cavalos, treinadores, tratadores, hípicas e Haras, expor que o nosso esporte existe e tem muita gente boa, quem sabe, nos ajude a ampliar o esporte.

Muita coisa boa poderá surgir da Copinha como a exposição dos cavalos, divulgação das hípicas e haras, mostrar atletas desconhecidos, instrutores, divulgar que existe muita gente que pratica por amor e se reúnem todos os finais de semana nas hípicas e haras de todo o país.

É comum não competir em razão de custos, para ir a uma prova temos custos do passaporte do cavalo, caminhão, vacinas, tratador, etc, e nem sempre uma escolinha ou atletas tem essa disponibilidade financeira, ainda mais nesse momento de restrições e de uma retomada lenta e difícil.

A copinha é para diversão, criada por apaixonas com o objetivo de movimentar o pessoal, dando assim, a cada 15 dias, uma nova pista desenhada e testada.

Sobre a montagem da pista:

  1. A pista foi criada para o tamanho 60 x 30, mas se você não tiver esse espaço, veja com o instrutor se é possível fazer ajustes
  2. A partida será da batida do 1º a recepção do último obstáculo

Relembrando:

  1. Espírito da Copinha: divertir, ajudar a manter a atividade, dar um objetivo, integrar
  2. A Copinha é por tempo ideal para todas as alturas
  3. O tempo é conhecido somente por Alberto e Juliana (desenhadores)
  4. O tempo varia conforma a altura
  5. A cronometragem despreza milésimos de segundo, sendo somente minuto e segundo (mm:ss)
  6. Desprezar os milésimos é uma forma de eliminar distorções, possibilitando vários “empates em tempo”
  7. Um fator importante no “ranking” é o julgamento técnico feito sempre por um atleta convidado
  8. Varinha no chão será apenas julgamento técnico, pois pode ser feita ao trote, ao galope e acompanhado pelo instrutor
Croqui da pista da primeira etapa
Croqui da pista da primeira etapa