Marcos da Costa Ribeiro Jr

Marcos da Costa Ribeiro Jr, o Marquinhos

31/07/2020

É o atleta convidado a julgar a 4o etapa, atua profissionalmente há 26 anos ministrando aulas, clínicas e montando.

Como começou no hipismo:

Sou concursista internacional desde os 17 anos de idade e me especializei na formação de cavalos jovens. Alguns importantes animais foram iniciados por mim, tais como: Evian GMS, Quira Z, Cable Z, Mirella Mundo Novo, Cordano JMen(Wasabi), Landcraker JMen, Cartujano JMen, Princess de Revel, Corbella JMen e muitos outros.

Fale um pouco das suas conquistas:

Arica du Caillou – 11 anos – Vice Campeã Paulista Sênior Top 2015, Vencedora do GP Baronesa, classificou-se diversas vezes em GPs 1,50/1,60 nos CSIs 4e 5 em Wellington 2016.
Marquinhos e Arica du Caillou na conquista do vice-campeonato paulista Senior Top 2015 (foto)

Princess de Revel – 10 anos – Diversas classificações em GPs de 1,50 nos CSIs 4* em Wellington 2016.
Gitan M – 7 anos – Vencedor do CSN 7 anos em Curitiba

Landcraker JMen – 11 anos – Campeão Brasileiro CN, atualmente retornando após uma lesão quando já saltava provas de 1,50. JCR Guinness, Cambridge Z, Atômica 3K, e Alvear Z são jovens promessas para 2017!

Qual a importância dos fundamentos para um atleta de alto nível

A base no sentido mais puro da palavra é a sustentação permanente de tudo. No esporte, sem os fundamentos básicos da equitação, sem o adestramento adequado e sem uma formação sólida de cavalos ou cavaleiros o esporte torna-se imprevisível.

Reforço muito o bom posicionamento das pernas, dos braços e principalmente o uso correto do assento. Eu diria que o posicionamento correto representa mais de 50% da eficiência de um cavaleiro. Sentimento, determinação e resiliência são os demais fatores que fazem um cavaleiro se tornar vencedor.

Aprender a controlar as três velocidades(curto, médio e longo) nas três andaduras (passo, trote e galope) de seu cavalo é fundamental. Trabalhar o equilíbrio do corpo do cavaleiro para assim obter o equilíbrio ideal de cada cavalo. Efetuar curvas bem delineadas e com o cavalo impulsionado. Perfeito controle de direção do cavalo ao salto. Todos estes fatores são imprescindíveis para um bom resultado. Sem estes fundamentos bem definidos, saltar torna-se uma loteria ou um jogo de má sorte.